A Providência Divina permite o mal para o nosso bem


http://farm4.static.flickr.com/3223/2806119833_98edfeeded.jpgFui interpelado nos últimos dias por alguns céticos quanto às proposições cristãs que são feitas sobre Deus. Diante da catástrofe natural que ocorreu no Haiti e de tantos dilemas que são visíveis em nossa sociedade, a pergunta se relaciona com o sofrimento: por que Deus onipotente, sendo sumamente Bom, não impede que o sofrimento sobrevenha às pessoas?

Já havia respondido a essa pergunta, citando Santo Agostinho. Ele dizia sabiamente: “Deus onipotente, sendo sumamente bom, não deixaria mal algum em sua obra, se não fosse tão poderoso e bom que pudesse tirar até do mal o bem”. É importante, nesse contexto, dar sentido ao sofrimento. Se ele é indiscutivelmente um mal devemos fazer o possível para que tiremos dele um bem. Mas, a pergunta que se faz é mais profunda: Por que, ao invés de permitir, Deus não impede logo que soframos? Na pergunta está escondida uma tentativa perversa: de culpar a Deus pelos males da humanidade.

Mas o fato é que a morte, o sofrimento e demais desgraças só vieram ao mundo por causa do pecado do homem. São Paulo inclusive alude ao pecado como aquele do qual a conseqüência é a morte (cf. Rm 6, 23). E o pecado é justamente uma ação da liberdade do homem. A rejeição do bem e conseqüentemente escolha do mal, do pecado, é um ato cometido pelo homem. Deus não é culpado pelas escolhas livres do homem. Muito pelo contrário: Ele exorta o homem a buscá-Lo e a se apegar unicamente à Sua Vontade. Quando o homem peca, no entanto, sobrevêm-lhe as desgraças e as “mortes”. Ora, o mau uso da liberdade é, nesse sentido, a causa de diversos males. No entanto, mesmo desses males pode ser extraído um bem e me impressiona muito a Bondade e a Misericórdia de Deus nesse sentido. O mal é inevitável por causa do pecado; mas é aproveitável graças à Providência Divina.

Agora imaginemos a cena: um bandido que decide matar uma refém. Decide; e mata. Quem a matou? O bandido, logicamente. Mas parece que teve uma pessoa que estava assistindo ao ocorrido e não quis salvar a pessoa. Essa pessoa – acusam os ateus – é Deus. Se Deus é tão bom e onipotente, por que permitiu essa tremenda “injustiça”?

A Providência Divina simplesmente não funciona assim. Deus não desvincula as conseqüências dos atos humanos das suas decisões. O homem decidiu matar a refém. Decidiu, criou coragem e cometeu o crime. É claro que Deus poderia intervir. Só não intervém porque interferir seria negar que os atos humanos têm as suas respectivas conseqüências e que, mesmo que alguém queira praticar o mal, há um Deus que impede que isso aconteça e, portanto, as conseqüências do mau uso da sua liberdade não existiriam. Se Deus interferisse, Ele estaria negando a liberdade humana e o conceito de que as suas escolhas geram determinados efeitos.

O fato é que Deus tudo pode. Pode, inclusive, tirar do mal um bem. É preciso, pois esperar na Providência Divina que governa todo o Universo e confiar a Ele todas as nossas dores e sofrimentos, pois, se Deus permitiu que ela nos sobreviessem é porque Ele tem um plano de salvação maior.

Interessante até observar a oração do Pai-Nosso. Ela diz: “Livrai-nos do mal”, e não dos males. Por quê? Responde o Catecismo de São Pio X: “Dizemos: livrai-nos do mal, e não: dos males, por que não devemos desejar ser isentos de todos os males desta vida, mas só daqueles que são nocivos à nossa alma, e por isso pedimos a libertação do mal em geral, isto é, de tudo aquilo que Deus vê que para nós é mal” (n. 318). Devemos pedir a Deus que nos livre do mal absoluto. Todos os males que Deus permite que aconteça a nós, na verdade, podem ser de proveito para nossa alma.

Peçamos, por fim, a Deus que nos livre do mal e possa nos ajudar a mantermo-nos fiéis à Sua Vontade e à Sua Misericórdia, que governam o Universo.

Graça e paz.
Salve Maria Santíssima!

* * *

Leia mais: O cumprimento da Palavra de Deus, do blog “No princípio criou Deus os céus e a Terra”.

8 thoughts on “A Providência Divina permite o mal para o nosso bem

  1. Realmente só Deus pode tirar o bem de um mal.”Tudo concorre para o bem dos que temem a Deus” e se é tudo, até as situações difíceis e aparentemente contraditórias concorrem para o bem.
    Quem tem fé sabe ver uma luz no fim do túnel,acredita que as coisas podem ser melhoradas e que existe uma razão para cada fato difícil que acontece na vida.

  2. Realmente só Deus pode tirar um bem maior de um mal.”Tudo concorre para o bem dos que temem a Deus” e se é tudo é tudo e até as situações difíceis e aparentemente contraditórias concorrem para o bem.
    Quem tem fé sabe ver uma luz no fim do túnel,acredita que as coisas podem ser melhoradas e que existe uma razão para cada fato difícil que acontece na vida.
    Não devemos perguntar o “por que” das coisas e dos fatos mas o “para que”.
    O mais importante nesta vida é a salvação da alma e não do corpo.
    Nosso corpo perece ,mas nossa alma é imortal.

  3. Responda-me a uma pergunta Everth: Deus quando criou o mundo já sabia que alguns homens iam escolher o pecado e, portanto, causar o mal e o sofrimento? Sabia ou não sabia?

    «Agora imaginemos a cena: um bandido que decide matar uma refém. Decide; e mata. Quem a matou? O bandido, logicamente … Se Deus interferisse, Ele estaria negando a liberdade humana e o conceito de que as suas escolhas geram determinados efeitos.»

    E a liberdade da refém? Ela queria ser morta? Ou seja, Deus defende a liberdade de um mas não defende a liberdade do outro?

    «Todos os males que Deus permite que aconteça a nós, na verdade, podem ser de proveito para nossa alma.»

    É isso que acontece com as 5.834.000 crianças que morrem de fome todos os anos, 16.000 por dia, uma criança a cada 5 segundos?

    Graça e paz
    Salve Maria Santíssima

  4. diogo sou seu fã, vou começar roubando seus otimos exemplos ‘-‘

    @topic
    vocês não leem a biblia não?
    todo mundo que ja leu o antigo testamento sabe que deus gosta é de ver a gente se fudendo e de cometer alguns homicidios/genocidios o.ô

    Superman te abençoe e que o Lanterna verde ilumine seu caminha a verdade

  5. Diogo,

    “É isso que acontece com as 5.834.000 crianças que morrem de fome todos os anos, 16.000 por dia, uma criança a cada 5 segundos?”

    Mas quê… não há comida suficiente para alimentar toda a gente? Quanta comida é desperdiçada todos os dias em restaurantes e até nas nossas casas?

    A pergunta que deves fazer é: se há comida, por que razão há tanta gente a passar fome. E tu, tens feito alguma coisa para melhorar essa situação ou és daqueles hipócritas que senta no sofá a reclamar de braços cruzados?

  6. Alogicadosabino

    Responde-me a esta questão: Deus quando criou o mundo não sabia de antemão que devido ao desinteresse de muitos, 5.834.000 crianças iriam morrer de fome todos os anos?

    Deus terá dado a muita gente a liberdade de se estar nas tintas para isso, mas terá dado a liberdade às crianças para morrer de fome?

  7. Diogo, seu ignorante.

    Se os seres humanos que são livres para escolherem o seu caminho, optassem por seguir os mandamentos de Deus e obedecê-lo, eles estariam livres do pecado e terião a vida e estariam ligados na fonte da vida e nenhum mal poderia machucá-los.

    MAS AO CONTRARIO SE COM SUA LIBERDADE OPTAR POR NÃO SEGUIR OS MANDAMENTOS DE DEUS ELES VIVERÃO NAS TREVAS E ACABAM NUM MARTIRIO SEM FIM.

    Tenho certeza que seu pai quer o seu bem e se vc obedecer ele vc se dará bem, mas se bancar o espertinho e achar que pode viver melhor do seu jeito vc vai se ferrar, pois seu pai é bem mais experiente que vc e sabe de muitas coisas que vc nao sabe.

    RESUMINDO ESSES MAL QUE VC FALOU É CULPA DO HOMEM, POIS NAO VIVEM DE MANEIRA CORRETA- COMO DEUS QUERIA QUE VIVESSEMOS.

  8. Os culpados de tantas crianças morrerem de fome ainda no século XXI, são daqueles que estão diante do espelho.

    Os socialistas afirmam que o culpado é o sistema, idealizado pela ganância e avareza humana. Para quem tem aversão a Bíblia, é só estudar um pouquinho ciências sociais que vai ver um elo comum entre a Bíblia e a ciência: a responsabilidade humana na história!

    O que me admira nos ateus é a implicância com Deus, acreditam tanto Nele, que o acusam o tempo todo, porém não tem coragem de admitir que na verdade necessitam Dele pois não dão conta de melhorar o mundo só com ideiais de justiça. É preciso muita força para tentar praticar a justiça, e muitos se dispõe morrer por causa dela: de Che Guevara, Madre Tereza de Caucutá à Mahatma Gandhi .

    Para questionar é preciso mais do que dúvida, é preciso querer achar a verdade!

    Teológa

Os comentários estão desativados.