Bento XVI pede aos fiéis que nunca abandonem ou traiam Igreja


Cidade do Vaticano, 23 set (EFE).- O papa Bento XVI pediu hoje aos fiéis e aos sacerdotes que “rezem, trabalhem e sofram” pela Igreja, e a “nunca a abandonem ou a traiam”.

O pontífice pronunciou estas declarações perante cerca de 9 mil pessoas que assistiram na Sala Paulo XVI do Vaticano à audiência pública das quartas-feiras, cuja catequese dedicou à figura de Santo Anselmo (1033-1109), que abraçou a vida monástica e defendeu perante os reis ingleses da época a independência da Igreja do poder temporário, o que lhe custou o exílio.

Em referência à figura do santo, o papa incentivou os cristãos a buscar “sem cansar” uma união cada vez mais íntima com Cristo.

“Que o zelo com o qual desenvolveu seu trabalho pastoral e que lhe propiciou incompreensões, amargura e exílio incentive os sacerdotes, as pessoas consagradas e todos os fiéis da Igreja a rezar, trabalhar e sofrer por ela e jamais abandoná-la”, afirmou o papa.