BENTO XVI: LÍDERES DO MUNDO SE UNAM PARA PROTEGER A CRIAÇÃO


Cidade do Vaticano, 24 set (RV) – Bento XVI dirigiu uma videomensagem aos participantes da Conferência da ONU sobre as mudanças climáticas, em andamento em Nova Iorque. Os líderes dos Estados ajam com coragem para salvaguardar o dom precioso da Criação – exorta o pontífice.

O texto da mensagem reproduz o que o papa disse durante a audiência geral de 26 de agosto passado, na qual dedicou amplo espaço ao tema da defesa do ambiente.

É importante que “a comunidade internacional e os governos individualmente considerados enviem sinais justos aos cidadãos” – são os votos do Santo Padre, que exorta os participantes da Conferência da ONU sobre o clima a encontrarem as medidas adequadas para contrastar as práticas de exploração do ambiente:

“Os custos econômicos e sociais na utilização dos recursos comuns devem ser reconhecidos com transparência”, dedicando atenção às futuras gerações – ressalta o papa. “A proteção do ambiente, a salvaguarda dos recursos e do clima – adverte – obriga todos os líderes a agirem juntos, no respeito pelo direito e promovendo a solidariedade com as regiões mais necessitadas do mundo.”

“Juntos – prossegue o Santo Padre – podemos construir um desenvolvimento humano integral do qual todos nos beneficiamos”, hoje como no futuro. Um desenvolvimento – ressalta evocando a sua última encíclica – que seja “inspirado nos valores da caridade na verdade”.

Para que isso ocorra, “é essencial que o atual modelo de desenvolvimento seja transformado” mediante um maior sentido de responsabilidade pela Criação – é a sua reflexão. Tal exigência não é decorrente somente dos fatores ambientais, “mas também do escândalo da fome e da miséria humana” – observa.

Em seguida, Bento XVI assegura o seu apoio à Conferência da ONU, recordando que a Igreja considera as questões concernentes ao ambiente, extremamente ligadas ao desenvolvimento humano integral. (RL)