PAPA SE DESPEDE DA EQUIPE E RESIDENTES CASTEL GANDOLFO


Castel Gandolfo, 01 out (RV) – Ao término de sua estada na residência de Castel Gandolfo, com o fim do verão, o papa saudou os residentes e trabalhadores agradecendo sua dedicação generosa e o esforço em atender suas exigências e daqueles que o assistem.

A equipe da residência apostólica também recepciona os peregrinos e fiéis, além dos visitantes recebidos pelo pontífice em audiências habituais.

Bento XVI agradeceu ainda o clero local e as comunidades religiosas que vivem e atuam na localidade, encorajando-os em seu entusiasmo no anúncio e testemunho do Evangelho.
A saudação seguinte foi dirigida à classe política e aos administradores da província e de toda a região de colinas que circunda Roma – conhecida como a Região dos Lagos, ou Castelos Romanos – e obviamente, a toda a população de Castel Gandolfo.

O papa elogiou a diretoria e os funcionários do Governo do Vaticano, incluindo os Serviços Técnicos, pela abnegação que os distingue no trabalho em serviço do Sucessor de Pedro; e ao Corpo da Guarda Suíça, cuja presença contribui para oferecer aos visitantes uma acolhida ainda mais eficiente.

Os policiais e membros das forças da ordem italiana receberam também cumprimentos do pontífice, que citou de modo específico os oficiais da Aeronáutica, pelo qualificado serviço efetuado em seus deslocamentos de Castel Gandolfo ao Vaticano e vice-versa.

Enfim, Bento XVI recordou a todos a festividade de Santa Teresa do Menino Jesus, carmelita do mosteiro de Lisieux.

“Seu testemunho mostra que somente a palavra de Deus é fonte de nova vida. À nossa sociedade, frequentemente forjada por uma cultura racionalista e materialista, a pequena Teresa indica, como resposta aos grandes interrogativos de nossa existência, “a pequena via”, que mira ao essencial: o caminho do amor, capaz de envolver e dar sentido e valor a todo acontecimento humano”.

Despedindo-se e agradecendo novamente todos com uma benção, Bento XVI confiou os presentes, amigos e famílias à materna proteção da Santa.

O retorno do pontífice ao Vaticano está previsto para sábado, 3 de outubro.
(CM)