D. Dimas diz que Jesus não fez aliança com fariseus


Por Clarissa Vasconcelos – 22 de outubro de 2009

O secretário-geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), d. Dimas Lara Barbosa, afirmou nesta quinta-feira que “Judas era, de fato, discípulo de Jesus, mas que ele não fez aliança com fariseus”. Em entrevista publicada no jornal Folha de São Paulo, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva construiu a metáfora de que Jesus, se quisesse fazer política no Brasil, teria de formar aliança com Judas.

O representante da CNBB preferiu não entrar em detalhes sobre quem seriam os “fariseus” aos quais estaria se referindo, mas os descreveu como pessoas que “parecem uma coisa por fora, mas que por dentro são outra”. A fala de Lula fazia menção indireta à coalização do PT com o PMDB de José Sarney (PMDB-AP), presidente do Senado acusado de uma série de irregularidades no comando da Casa.

D. Dimas aproveitou para lembrar a defesa, por parte da CNBB, por uma legislação que impeça a eleição de candidatos com contas pendentes na Justiça. Tramita no Congresso um projeto para barrar a entrada de políticos com “ficha suja”