NINGUÉM SABE A DATA DO FIM DO MUNDO


Roma, 25 nov (RV) – O Arcebispo de Guadalajara, México, Cardeal Juan Sandoval Íñiguez, minimizou o impacto dos meios de comunicação do filme dirigido por Roland Emmerich, 2012, e recordou que ninguém sabe a data do fim do mundo. Conforme informa a agência Notimex, o Cardeal recordou que a Igreja Católica sempre afirmou que no futuro chegará o juízo final, mas ninguém sabe nem o dia nem a hora do mesmo.

“As pessoas já estão cansadas de espantos, anunciaram-se muitas vezes supostos fins do mundo e estes nunca chegaram, disse o Cardeal.

O interesse pelo filme 2012 e os maias é um “fenômeno de filme” e de “folclore hollywoodiano” inspirado no fato que os maias foram um povo misterioso com uma altíssima cultura, sobre tudo astronômica, disse o Arcebispo de Guadalajara

“A Igreja esteve constantemente dizendo o que assinala o Evangelho, que ninguém sabe a data do fim do mundo e que antes do fim todos os povos abraçarão a fé, ainda faltam muitos para que isso ocorra”, destacou o cardeal. (SP)